Em resposta: Lemos com interesse a carta ao editor sobre o nosso artigo publicado recentemente, “a rotação da cabeça do úmero não altera a avaliação radiográfica do ângulo cabeça-diáfise.

“Concordamos com algumas das críticas recebidas. Como mencionamos na seção que descreve as limitações, usamos úmeros seco posicionados em 0°, o que não corresponde à vista anteroposterior verdadeira.

Além disso, avaliamos a variação do ângulo do cabeça-diáfise com um máximo de 30° de rotação interna e externa a partir da posição inicial. Portanto, nossas conclusões são válidas dentro da metodologia utilizada. Temos algumas considerações para a comparação dos nossos resultados com os de Heng et al.

Em primeiro lugar, nosso estudo foi submetido para publicação antes que os dados desses autores estivessem disponíveis.

Em segundo lugar, os dois estudos são experimentais. Nosso estudo anatômico e radiográfico não inclui graus mais elevados de rotação, mas inclui 18 análises intraobervadoras e interobservadoras de úmero e, como consequência, tem boa validade externa.

Hengg et al. em contraste, usaram um modelo geométrico baseado em uma única imagem de tomografia computadorizada de um úmero. Assim, embora tal estudo tenha adicionado graus mais elevados de rotação, tem limitações em relação à validade externa.

Consideramos que é necessário um estudo clínico, utilizando radiografias em vista anteroposterior verdadeira e graus de rotação de braço que possuam representação clínica. Esta é a forma mais eficiente de se chegar a um consenso acerca deste assunto controverso.

O nosso grupo já iniciou um estudo clínico para esclarecer esta questão.

Referências

  1.  Hengg C, Mayrhofer P, Euler S, Wambacher M, Blauth M, Kralinger F. The relevance of neutral arm positioning for true ap-view X-ray to provide true projection of the humeral head shaft angle. Arch Orthop Trauma Surg 2016;136:213-21. http://dx.doi.org/10.1007/s00402-015-2368-6
  2. Malavolta EA, Assunção JH, Pagotto RA, Avelino RL, Gracitelli MEC, Pereira CAM, et al. The rotation of the humeral head does not alter radiographic evaluation of the head-shaft angle. J Shoulder Elbow Surg 2016;25:543-7. http://dx.doi.org/10.1016/j.jse.2015.09.026
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta