A clavícula na sua porção mais lateral juntamente com a escápula forma a articulação acromioclavicular, sendo essa articulação protegida por fortes ligamentos e com pouca movimentação. Quando submetida a esforços repetitivos e com muita carga pode desenvolver a osteólise da clavícula distal.

Mais comum em praticantes de musculação e atletas de arremesso de peso, halterofilismo ou rugby e pode ser encontrada também em pacientes que realizam atividades profissionais que exijam esforços repetitivos com os ombros.

osteolise_clavicula_1

O que é a osteólise distal da clavícula

A osteólise distal da clavícula  é como uma fratura de stress no qual o osso submetido a esforços repetitivos entra em fadiga perdendo seu componente mineral e a capacidade de suportar carga. É uma das causas de dor em atletas.

O mais comum é acometer pacientes antes dos 40 anos de idade

O termo osteólise (osteo=osso; lise=quebra) está relacionado com à redução da massa óssea, normalmente diretamente relacionada com a reabsorção da mesma pelos osteoclastos.

Sintomas e Diagnóstico

O paciente se queixa de dor no ombro e a característica principal é a dor quando palpamos a articulação acromioclavicular, sendo a radiografia  capaz de confirmar o diagnóstico.

O exame de ressonância magnéticaé  mais eficaz no seu diagnóstico pois com ela encontramos uma edema importante nos ossos que compõem a articulação acromioclavicular : acrômio e a clavícula distal.

Ressonância magnética demostrando osteólise da clavícula – corte coronal (A), corte axial (B)

Ressonância magnética demostrando osteólise da clavícula – corte coronal (A), corte axial (B)

Como é o tratamento?

O tratamento envolve diminuição das atividades que ocasionaram a lesão, gelo, antiinflamatórios e tratamento fisioterápico.

A reabilitação envolve alongamento dos músculos peitorais e da cápsula posterior dos ombros e na sequência o fortalecimento dos músculos do manguito rotador e paraescapulares (serrátil anterior, trapézio e romboides).

Quando o tratamento não cirúrgico é pouco eficaz, o tratamento cirúrgico é indicado. Preferimos o procedimento de ressecção do terço distal da clavícula por meio da artroscopia

osteolise da clavicula distal

osteolise da clavicula distal

Veja vídeo da cirurgia

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta