Posts

Fratura da Clavícula

A fratura da clavícula é uma lesão bastante comum, especialmente entre as crianças e os jovens. A clavícula conecta o tórax com o membro superior.

Ocorre por quedas sobre o ombro ou traumatismos diretos sobre a clavícula. Acontece frequentemente em quedas de moto, bicicleta ou da própria altura.

fratura-da-clavicula

Como é feito o diagnóstico?

Os pacientes com fratura da clavícula possuem dor e edema na região clavicular e dificuldade para elevar o ombro.

Com radiografias simples, o diagnóstico é feito.

fratura-clavicula-2

Como é o tratamento das fraturas da clavícula nas crianças?

A fratura da clavícula são as mais frequentes na infância. Nos recém-nascidos, prender a manga da roupa com um alfinete, imobilizando o membro superior já é o suficiente para manter seu filho confortável, sem dor e permitir a consolidação da fratura. Nas crianças maiores, o uso de uma tipoia por 3 a 4 semanas é o tratamento adequado.

Como é o tratamento das fraturas nos adultos?

Nos adultos, o tratamento deve ser individualizado levando em conta a presença de outras fraturas, desvio dos fragmentos e nível de atividade do paciente. Em 85% dos casos, as fraturas da clavícula ocorrem no seu terço médio. Nos pacientes com outras fraturas no mesmo ombro ou membro superior, o tratamento deve ser cirúrgico. Fraturas com encurtamento maior que 2 cm também devem ser tratadas cirurgicamente.

As demais podem ser tratadas não cirurgicamente com uso de tipoia por 1 mês. Alguns ortopedistas preferem a imobilização em 8, mas a literatura médica não mostra resultados superiores no uso desta imobilização e são mais desconfortáveis.

fratura-clavicula-3

Como é o  tratamento cirúrgico?

Na maioria das fraturas, o objetivo é fixar os fragmentos ósseos e estabilizá-los de modo a permitir uma movimentação e reabilitação precoce. Existem diversos métodos para fixar essa fratura. O método mais utilizado atualmente é a fixação com placas específicas para esse tipo de fratura, com características mecânicas que apresentam maior resistência e promovem maior estabilidade.

fratura-clavicula-4

Osteólise da clavícula distal

A clavícula na sua porção mais lateral juntamente com a escápula forma a articulação acromioclavicular. Esta articulação é protegida por fortes ligamentos e tem pouca movimentação. Quando submetida a esforços repetitivos e com muita carga pode desenvolver a osteólise da clavícula distal. Comum em praticantes de musculação e atletas de arremesso de peso, halterofilismo ou rugby. Pode ser encontrada também em pacientes que realizam atividades profissionais que exijam esforços repetitivos com os ombros.

osteolise_clavicula_1

O que é a osteólise distal da clavícula e como é feito o diagnóstico?

A osteólise distal da clavícula  é como uma fratura de stress no qual o osso submetido a esforços repetitivos entra em fadiga perdendo seu componente mineral e a capacidade de suportar carga. É uma das causas de dor em atletas. O mais comum é acometer pacientes antes dos 40 anos de idade. O paciente se queixa de dor no ombro e a característica principal é a dor quando palpamos a articulação acromioclavicular. A radiografia  é capaz de confirmar o diagnóstico. Sendo o exame de ressonância magnética mais eficaz no seu diagnóstico. Na ressonância magnética encontramos uma edema importante nos ossos que compõem a articulação acromioclavicular : acrômio e a clavícula distal.

 

Ressonância magnética demostrando osteólise da clavícula – corte coronal (A), corte axial (B)

Ressonância magnética demostrando osteólise da clavícula – corte coronal (A), corte axial (B)

Como é o tratamento?

O tratamento envolve diminuição das atividades que ocasionaram a lesão, gelo, antiinflamatórios e tratamento fisioterápico. A reabilitação envolve alongamento dos músculos peitorais e da cápsula posterior dos ombros e na sequência o fortalecimento dos músculos do manguito rotador e paraescapulares (serrátil anterior, trapézio e romboides).

Quando o tratamento não cirúrgico é pouco eficaz, o tratamento cirúrgico é indicado. Preferimos o procedimento de ressecção do terço distal da clavícula por meio da artroscopia.

osteolise_clavicula_4