Tratamento fisioterápico na capsulite adesiva

Muitos perguntam se ombro congelado tem cura, e muito embora a resposta seja sim, é importante ressaltar alguns pontos do tratamento para essa doença que também é chamada de capsulite adesiva.

Essa é uma doença onde ocorre uma inflamação na cápsula articular do ombro, seguida por um enrijecimento da mesma com limitação dos movimentos desse membro.

Ela é uma doença autolimitada, isto é, tem começo, meio e fim. Podemos dizer que é uma doença passageira em que a cura vem de forma natural, no entanto com algum tempo.

Mas o que significa isso? Significa que é uma doença que tem um ciclo pre determinado, em outras palavras, a cura é a última etapa do processo.

talvez a pergunta certa seja como encurtar o processo de cura….

Após começarem as dores do ombro congelado, o paciente pode apresentar uma piora, com diminuição do arco de movimento do ombro. Algo esperado e compatível com a evolução da doença.

Fases do Ombro congelado

Para você entender melhor seus sintomas, o ciclo da doença pode ser dividido em fases: inflamatória, congelamento e descongelamento.

evolução da capsulite adesiva

1. Primeira fase (inflamatória)

O paciente apresenta dor difusa no ombro, de surgimento gradual e que progride durante semanas até meses. Frequentemente, a dor piora a noite.

2. Segunda fase (congelamento)

A dor diminui de intensidade, sendo mais comum na movimentação do ombro. O paciente descreve dificuldade com as atividades diárias por uma restrição na movimentação do ombro, não consegue pegar objetos em pratileiras altas, pegar uma carteira no bolso de trás da calça, prender o sutiã, entre outras. Esta fase dura de 4 a 12 meses.

3. Terceira fase (descongelamento)

Como o próprio nome sugere, nessa fase ocorre o retorno gradual da movimentação do ombro e a dor diminui, a melhora é contínua mas pode ser lenta, normalmente prolonga-se por semanas a meses.

Quanto tempo para curar o ombro congelado?

A duração total da capsulite adesiva varia de 12 a 36 meses, evidentemente que com o tratamento adequado podemos reduzir muito este prazo, por isso nos primeiros sintomas procure seu médico ortopedista.

A capsulite adesiva pode acometer o mesmo ombro mais de uma vez?

Após ter passado pelo processo da capsulite, muitos pacientes ficam preocupados e querem saber se essa doença pode afetar o mesmo ombro outra vez.

Nesse caso é importante ressaltar que não é comum o acometimento do mesmo ombro mais de uma vez. Pode ocorrer mas estatisticamente é pouco provável.

A capsulite adesiva pode acometer o ombro contralateral?

Após ser curado de um processo de capsulite, também surgem dúvidas sobre o outro ombro, ou seja, se esse essa doença pode ocorrer no ombro que não teve.

Infelizmente a resposta é sim, você pode ter ombro congelado no outro ombro. Na verdade, cerca de 50% dos pacientes, meses ou anos após o primeiro episódio da capsulite adesiva tem um quadro semelhante no ombro contralateral.

Nesse caso como o paciente já tem pleno conhecimento dos sintomas da doença, o diagnóstico pode ser feito antes e o tratamento também, em outras palavras, normalmente a cura do segundo ombro ocorre em menor tempo que o primeiro.

Confira o artigo completo sobre capsulite adesiva!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta