Dor no ombro e no pescoço (cervicobraquialgia)

A dor no ombro e no pescoço é extremamente comum. Os pacientes com dor no ombro e no pescoço geralmente têm algum tipo de alteração na ergonomia do trabalho ou em suas atividades diárias. Pessoas que trabalham muitas horas na frente do computador ou em algumas posturas fixas por muitas horas estão sujeitas a episódios de dor nestes locais. Neste artigo, tentaremos esclarecer quais são as suas possíveis causas e seu tratamento.

Quais são as causas de dor no ombro e no pescoço?

Doenças da coluna cervical, como a hérnia de disco e a artrose da coluna vertebral (espondiloartrose) podem ser as responsáveis pelos sintomas dolorosos no pescoço, no ombro, bem como em todo membro superior. Doenças do ombro como a rotura do manguito rotador, tendinite calcária, capsulite adesiva, lesões SLAP, podem causar também estes sintomas. Outras causas possíveis de dor no ombro e no pescoço são as dores miofasciais, a discinesia escapular e a disfunção da ATM (articulação temporomandibular).

Não é incomum, encontramos uma associação de problemas. Podemos ter um paciente com lesão do manguito rotador e artrose na coluna cervical. E a dor ser causada pelos dois problemas.

  • Para saber mais sobre as lesões do manguito rotador, clique aqui
  • Para entender mais sobre a capsulite adesiva, clique aqui

Por que doenças da coluna cervical podem causar dor no ombro ou no braço?

Os nervos responsáveis pela sensibilidade e pela movimentação dos membros superiores se originam na coluna cervical. Doenças como hérnias de disco ou artrose da coluna cervical podem comprimir ou diminuir o espaço por onde passam estes nervos, podendo provocar dor na coluna cervical, bem como nos ombros ou membros superiores.

Hérnia de disco comprimindo uma raiz nervosa da coluna cervical

Hérnia de disco comprimindo uma raiz nervosa da coluna cervical

 

Como o médico pode diferenciar se a dor é proveniente da coluna cervical ou do ombro?

Algumas características da história e do exame físico, podem ajudar no diagnóstico diferencial.

Doenças do ombro geralmente ocasionam dor na região lateral e anterior (frente) do ombro e a dor piora com a elevação do braço. A dor noturna também é  comum e dificilmente a dor irradia-se até a mão ou pescoço. Formigamento e perda de sensibilidade não são características presentes.

As doenças da coluna cervical ou cervicobraquialgias frequentemente ocasionam dor no pescoço que pode irradiar-se para a região posterior (atrás) do ombro e por todo membro superior até a mão. A dor não piora com a elevação do ombro e pode até melhorar com este movimento.  Formigamento e perda de sensibilidade podem estar presentes.

Procure um médico ortopedista, para um diagnóstico mais preciso.

Locais comuns de dor por doenças do ombro (A e B) e por doenças da coluna cervical (C)

Locais comuns de dor por doenças do ombro (A e B) e por doenças da coluna cervical (C)

 

Quais exames podem ajudar no diagnóstico?

A radiografia do ombro e da coluna cervical podem ajudar no diagnóstico. Mas sem dúvida, a ressonância magnética do ombro e da coluna cervical é o exame que fornece as melhores imagens para um diagnóstico mais preciso das doenças do ombro bem como da coluna cervical. Para pacientes com alterações neurológicas, como perda de força ou alterações de sensibilidade, pode também ser realizada uma eletroneuromiografia dos membros superiores.

Ressonância magnética demonstrando uma hérnia de disco cervical

Ressonância magnética demonstrando uma hérnia de disco cervical

Qual é o tratamento das cervicobraquialgias?

As cervicobraquialgias geralmente são de tratamento não cirúrgico com uso de anti-inflamatórios, analgésicos e tratamento fisioterápico. Na falha do tratamento não-cirúrgico ou em situações muito específicas como déficits neurológicos progressivos ou estenose do canal medular pode estar indicado o tratamento cirúrgico. Converse com o seu médico, sobre as opções de tratamento.